Tutorial: Como preencher um formulário rafflecopter

[Resenha] Ainda não te disse nada, de Maurício Gomyde

26 de mar de 2013

Título: Ainda não te disse nada
Autor: Maurício Gomyde
Ano: 2011
Páginas: 236
Editora:  Porto 71
Classificação: Muito Bom
"Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...


Esse livro é meu primeiro contato com uma obra de Maurício Gomyde e posso dizer que fiquei encantada pela escrita do autor e pelo encanto que ele passa. Porém mesmo o livro tendo uma escrita encantadora e delicada, não se tornou ótimo para mim, só por um detalhe, o final é aberto, poderia ter centenas de hipóteses para a conclusão.  Quando você lê parece que vai ser de uma maneira, mas não é tão expressado, deixando o leitor seguir com sua imaginação. Isso pode ser legal para alguns, mas para mim não é nada agradável ler uma história que tem um final aberto, cheio de hipóteses. Mas gostei da história, mesmo terminando dessa maneira.

O livro conta a história de Marina, uma jovem de família italiana que resolve seguir o seu sonho de estudar moda. Ela deixar  sua família do interior para morar na cidade de São Paulo. Chegando a São Paulo, Marina arranja um emprego como atendente dos correios e passa o dia trabalhando, no final do expediente compra suas revistas de moda, vai à lanchonete do Seu Patrício, faz faculdade de moda a noite e ainda tem tempo para ser blogueira de moda e sair com suas amigas Francesca e Thais.

Enquanto trabalha, uma carta de amor chega as suas mãos, devido a uma impossibilidade de ser entregue ao destinatário. A jovem resolve ficar com a carta e acaba lendo, mas ela nunca imaginaria que essa simples carta mudaria sua vida para sempre.

A carta é de um senhor chamado Heitor, um homem solitário que vive num asilo em Portugal, com dó de deixar que aquele amor que aquela carta representava, Marina passa a ser Milena, a mulher que Heitor escreveu.  As cartas trocadas entre Marina e Heitor, são doces, delicadas, acompanhadas de flores e esperança. Porém essa história de amor, esta fazendo a pequena Marina mudar e ela precisará decidir o que é melhor para si, Heitor e Milena.

Ainda Não Te Disse Nada é um livro delicado, doce e romântico, que faz com que os personagens pareçam reais e apresenta uma mensagem muito importante, que muitas pessoas não param para pensar, a triste realidade de um idoso em casas de repouso, esquecido pelos seus familiares.

Os personagens são bem construídos, ando tendo a sorte de ler livros maravilhosos ultimamente. A protagonista, Marina, é uma garota de 25 anos, sonhadora, batalhadora e romântica, não é uma personagem chata e irritante.

A narrativa é em terceira pessoa, é leve e encantadora, com palavras cotidianas, sem nenhuma complicação para ler. Trazendo todo o romantismo da história para nossas vidas.

Não gostei da capa, achei muito simples. Tá que essa árvore cheia de cartas é linda, mas a capa poderia ser colorida e não preta e laranja, pois não traz o romantismo da história. Eu sou aquela pessoa que acha que a capa tem que ser bonita, é como um bolo, ele tem que ser bonito para você comprar, você nunca comeu nada que a pessoa fez como vai saber se é bom?! É a mesma coisa com um livro, se você nunca leu nada do autor, não conhece a obra e vê uma capa feia, você não chega para comprar.

Por fim, só tenho dizer que o livro faz você acreditar que seus sonhos podem  se tornar realidade, que nunca é tarde para encontrar um amor. Então se vocês gostam de um belo romance, podem ter certeza que não irão se arrepender de ler esse livro.

“Não queria admitir, mas estava apaixonada por um monte de palavras, por uma história que não lhe pertencia.”– Página 135



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Bianca! Já li Ainda Não Te Disse Nada e amei! É um livro tão sensível e emocionante! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Já li algumas resenhas e comentários sobre esse livro. Até agora, todo mundo elogiou muito e isso despertou minha curiosidade e vontade de ler, principalmente a gora que li sua resenha. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Não li nada do autor ainda, mas pensava em ser este a minha primeira leitura, mas sempre fiquei na dúvida =( Um autor tão bacana, quero começar com a melhor obra dele.

    ResponderExcluir
  4. todo mundo me diz que esse livro é muito lindo
    eu estou encantada com a sua resenha, eu nunca li nada do mauricio sabe

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro maravilhoso e longe de ser algo açucarado me parece bem maduro, discordo sobre a capa, gostei, é simples e passa uma mensagem bem direta, uma capa colorida demais talvez daria a idéia de um romance adolescente.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro deixará muita gente querendo mais, foi isso que senti lendo a resenha do seu blog.Não conhecia até então o autor Maurício Gomyde, mas parece ser um ótimo escritor! Gostei do livro e quem disse que ninguém escreve mais cartas hoje em dia?Eu sou do tipo que escreve e entrega flores!! kkk mas não é o caso, e então esse livro será ideal para dar de presente a uma pessoa que me fez lembrar muito lendo a estória.Abraços!! =)

    ResponderExcluir
  7. Já vi diversas resenhas sobre esse livro e todas são excelentes, fico sempre morrendo de vontade de ler. A capa é tão delicada.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bianca!
    Ainda vou comprar o meu exemplar de Ainda não te disse nada já que, até agora, só ouvi elogios a respeito dele. A história parece ser linda e emocionante, bem do jeitinho que eu gosto!
    Sério que vc não gostou da capa? Eu acho linda, justamente pela simplicidade. *-*
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não conheço esse autor, já tentei ler mas nunca consegui!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    @alyneadriana

    ResponderExcluir
  10. Ainda tenho problema com esse autor, mas espero futuramente ler algum livro dele.

    ResponderExcluir
  11. Engraçado é que a capa, exatamente, foi que me atraiu para o livro. E achei a sinopse tão comovente e sua resenha me deu a certeza que precisava pra querer ler o livro! Apesar de saber que já vou chorar horrores...

    ResponderExcluir
  12. Conheci seu blog pela promoção e adorei
    Seguindo
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não li os livros do Mauricio Gomyde mas sempre leio comentários elogiosos sobre ele, engraçado que você achou a capa simples demais apesar de a árvore ser linda, eu achei que a simplicidade valorizou ainda mais uma linda imagem. Finais abertos não me incomodam muito, eu gosto porque a cada vez que leio existe a abertura para imaginar um desfecho diferente.

    ResponderExcluir
  14. Já li tantas resenhas desse livro que já me apaixonei pelo escritor e já acho que o livro é perfeito sem nem ao menos ter lido!
    Claro, já li alguma coisa do Maurício e digo: é de escritores como ele que o nosso Brasil precisa!

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de livros que o final fica em aberto, fico imaginando varias coisas depois de ler. Enquanto lia a resenha fiquei imaginando que o livro é parecido com o filme Cartas para Julieta.

    ResponderExcluir
  16. Gente como eu amei, chorei rios ao ler Eu ainda não te disse nada, acho o Mauricio Gomyde muito chique, já li mais 2 livros dele e amei, sua resenha ficou otima. Gostaria que as pessoas voltassem a escrever cartas, fica mais pessoal. Parabéns

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2014. Todos os Direitos Reservados.